Quem sou eu

Minha foto
São Luís, Maranhão, Brazil
Eu sou um poema inacabado que ninguém nunca leu. Eu sou a paisagem daquele quadro que o pintor não terminou. Eu sou uma tarde quente de verão em que não choveu. Eu sou Aquele rio que secou Antes de alcançar o mar. Eu sou aquele sonho bonito que ninguém realizou. Eu sou a escultura quase perfeita que caiu da mão e quebrou. Eu sou aquela paixão gostosa que por medo, alguém sufocou. Eu sou o amor que alguém esperava mas nunca chegou. Eu sou metade do que eu desejava ser... o dobro do que eu nunca esperei!!!

29 de jul de 2007


Deus está no controle: incredulidade NÃO! Jó teve muitas perdas em sua vida, mas ao longo de sua trajetória e sofrimento, descobriu que Deus está no controle. Jó era um homem que temia a Deus e foi provado ao extremo, ficou ao ponto de total lamentação. Dentro do possível se mantinha animado. Isso acontece com a gente também, quando o desânimo toma conta, ele fica confuso e a sua fé passa a ser abalada. Faz perguntas do tipo: como assim? Desta maneira, Jó começa a acusar a Deus pela falta de coerência devido à fidelidade dele, lembrando das coisas boas passadas e de como os perversos prosperavam sem castigo. Assim, começa um diálogo entre Deus e Jó. Deus pergunta: Jó, onde estavas tu, quando Eu estava fazendo os fundamentos do mundo (Jó 38:4), dava limite às ondas do mar (vs 11). Deus acaba com a discussão em apenas uma frase (Jó 41:11) e Jó entende. Jó somente creu e Deus o honrou! Deus está no controle, você querendo ou não, gostando ou não, bom ou não, Ele dá e Ele mesmo retém. Deus está no controle. A incredulidade é um ídolo muito perigoso, pois consegue nos deixar sem forças. Se ela não for destruída, se infiltra na mente e abre a porta para a apostasia e, assim, começamos a confiar nos homens e naquilo que os nossos olhos vêem, ou seja, naquilo que é palpável e não no nosso Deus. O inferno tem conseguido afastar pessoas do caminho de Deus com seus enganos. Preocupamos-nos com os pecados que aparecem, mas nos esquecemos do que está oculto. A incredulidade vem do coração e fere a Deus, é maldição e precisa ser identificada e repreendida. É como deixarmos de crer nas promessas de Deus e no próprio Deus. Mas, Deus te traz entendimento ao ler esse texto, pois Ele quer mudar essas coisas na vida. Ele quer derramar uma unção em nós que é capaz de alcançar muitas outras vidas. Se murmuramos e ficarmos com medo, deixamos de acreditar e não rompemos com essa maldição e acabamos nos prostrando diante do altar de satanás. Deus quer mudar sua vida hoje! Não seja incrédulo. Diga não a voz da incredulidade. Em Deus, teremos muita vida, alegria e paz. Na hora que ouvir essa voz da incredulidade, diga bem alto: Eu creio e vou continuar crendo! Ande por aquilo que você crê e não por aquilo que vê. Fique com Deus.


Beijo da Khadge

Nenhum comentário: