Quem sou eu

Minha foto
São Luís, Maranhão, Brazil
Eu sou um poema inacabado que ninguém nunca leu. Eu sou a paisagem daquele quadro que o pintor não terminou. Eu sou uma tarde quente de verão em que não choveu. Eu sou Aquele rio que secou Antes de alcançar o mar. Eu sou aquele sonho bonito que ninguém realizou. Eu sou a escultura quase perfeita que caiu da mão e quebrou. Eu sou aquela paixão gostosa que por medo, alguém sufocou. Eu sou o amor que alguém esperava mas nunca chegou. Eu sou metade do que eu desejava ser... o dobro do que eu nunca esperei!!!

24 de nov de 2011

Lindo...

É assim que te quero, amor,
assim, amor, é que eu gosto de ti,
tal como te vestes e como arranjas
os cabelos e como a tua boca sorri,
ágil como a água da fonte sobre as pedras puras,
é assim que te quero, amor,
Ao pão não peço que me ensine,
mas antes que não me falte
em cada dia que passa.
Da luz nada sei, nem donde
vem nem para onde vai,
apenas quero que a luz alumie,
e também não peço à noite explicações,
espero-a e envolve-me,
e assim tu... pão,luz e sombra és.
Chegastes à minha vida
com o que trazias, feita
de luz e pão e sombra, eu te esperava,
e é assim que preciso de ti,
assim que te amo,
e os que amanhã quiserem ouvir
o que não lhes direi, que o leiam aqui
e retrocedam hoje porque é cedo
para tais argumentos.
Amanhã dar-lhes-emos apenas
uma folha da árvore do nosso amor, uma folha
que há-de cair sobre a terra
como se a tivessem produzido os nosso lábios,
como um beijo caído
das nossas alturas invencíveis
para mostrar o fogo e a ternura
de um amor verdadeiro.


Pablo Neruda

13 de nov de 2011

Sou árabe....

Escreve!
Sou árabe
e o meu bilhete de identidade é o cinquenta mil;
tenho oito filhos
e o nono chegará no final do Verão.
Vais zangar-te?

Escreve!
Sou árabe.
Trabalho na pedreira
com os meus companheiros de infortúnio.
Arranco das rochas o pão,
as roupas e os livros
para os meus oito filhos.
Não mendigo caridade à tua porta,
nem me humilho nas tuas antecâmaras.
Vais zangar-te?

Escreve!
Sou árabe.
Sou um homem sem título.
Espero, paciente, num país
em que tudo o que há existe em raiva.

As minhas raízes,
foram enterradas antes do início dos tempos
antes da abertura das eras,
antes dos pinheiros e das oliveiras,
antes que tivesse nascido a erva.

O meu pai descende do arado,
e não de senhores poderosos.
O meu avô foi lavrador,
sem honras nem títulos,
e ensinou-me o orgulho do sol
antes de me ensinar a ler.
A minha casa é uma cabana,
feita de ramos e de canas.
Estás feliz com o meu estatuto?
Tenho um nome, não tenho título.

Escreve!
Sou árabe.
Roubaste os pomares dos meus antepassados
e a terra que eu cultivava com os meus filhos;
não me deixaste nada,
apenas estas rochas;
O governo vai tirar-me as rochas,
como me disseram?

Escreve, então,
no cimo da primeira página:
a ninguém odeio, a ninguém roubo.
Mas, se tiver fome,
devorarei a carne do usurpador.
Tem cuidado!
Cuidado com a minha fome,
Cuidado com a minha ira!

(Mahmoud Darwish)

"Pensando em muitos comflitos,dos que magoaram porque foram magoados,tudo que desejo é paz para o oriente médio e para o mundo,para que nossas crianças um dia tenham um jardim para brincar,sem medo, sem incertezas sobre o amanhã. Vamos nos amar,porque somos todos irmãos."
Khadge Salomão

Promessa de Deus em minha vida (Revelação)


Hoje uma desconhecida parou a minha mãe no supermercado e eu as ví conversando de longe, pensei que fossem amigas e sorrí para elas.

Minha mãe veio me contar que a mulher era uma "irmã" e teve uma revelação comigo, perguntou se eu era cantora, se tinha ministério na igreja, pois me via com um cd gravado nas mãos.

Que eu estava negligenciando a obra...que ainda não realizei isso por que não quis...
Francamente....já tentei me enquadrar em louvor de igreja antes, mas nunca tive motivação, abertura, ou elogio de alguém do meio sobre minha voz.

A não ser no mundo, onde fui paparicada, onde já cantei, cheguei a formar uma banda no passado, mas acabou não dando certo, tb não tive mais interesse de cantar no mundo, pois me apareceram propostas obcenas.

Realmente eu me calei...para o mundo e para Deus...

A nossa vida secular acaba por nos paralisar com as adversidades que coloca no nosso caminho. Deus sabe que eu sempre quis me engajar em alguma coisa, mas quando for pra ser Ele vai me colocar no MEU lugar....

Não tenho planos de fazer isso na minha igreja, e nem vou querer ouvir "previsões" repetidas lá sobre o que ouvi hoje....Só acreditei porque eu ví a mulher de longe, e porque foi minha mãe que me contou....
Vou dizer agora o que muita gente pensa, mas não fala com as palavras que vou colocar aqui agora...

Sobre essas previsões, em muitos casos eu não acredito mesmo, vejo supostas previsões somente na vida de membros que já estão em evidência para entrar em qualquer ministério, como os que são jovens, solteiros(bons partidos cobiçados),bonitos,"estão na mídia" e fazem bem o papel garoto-propaganda...
È muito fácil "prever" algo glorioso para alguém com esse perfil....hehehehee....

Mas Deus vê aquilo que está em oculto, pois Ele não nos vê com olhos humanos, não nos julga por uma reles carcaça...ou bonita, ou feia, mas pelo que há por dentro, que foi concedido por Ele.

Então eu olho para as pessoas na minha comunidade como mistérios ocultos de Deus, fico imaginando os planos de Deus na vida de cada um deles, as coisas surpreendentes que ainda podem brotar...

Na igreja vejo gente que vem de outras igrejas escalar o louvor de domingo, até gente que veio de ministérios desfeitos pelos pecados mais injuriosos, gente que canta por que é enfeite de púlpito(que voz mesmo não tem...rs...) enquanto eu que sou da casa não fico nem no banco de reservas.

Acho que cantoras gordinhas e mães-solteiras não são "COMERCIAIS" nem bem vistas de cima de um púlpito...que dirá num dia de domingo com a casa cheia...Você pode ter seus pecados podres e cantar lá em cima, desde que ninguém saiba e que não hajam "rastros" do seu passado...

Bom, é isso que eu enxergo...(eu,e muita gente que não fala...)

Gente que é "invisível" dentro da congregação...que você só reconhece como membro porque tem o envelope de dizimista no gasofiláceo.

Se a minha voz só prestar pra isso, pra ficar escondida sob tenores e contraltos e sopranos "super-altos" num dia inviável da semana, ou ainda, ficar pra titia e participar do grupo de senhoras do círculo de intercessão, sim, porque alguém está pra chegar e me "revelar" isso ....kkkkk.....
E como não acredito que isso seja pra mim, então é melhor ficar calada...

Agora que Deus me mandou o recado, Ele vai testificar mesmo isso, e hão de aparecer oportunidades agora...

E se Deus acha que a minha voz está a altura há de encaixar onde eu mereço...

Se não...fazer o que!

Como artista plástica tenho outros talentos que não vão me deixar morrer de fome, que aliás...cantar na igreja se faz por amor a Deus, e pode dar até um certo status,(algo que não me interessa) mas não enche a barriga de ninguém...só alimenta o espírito mesmo.

Alguém aí tem coragem de falar a verdade? Falar o que pensa, dizer o que sente? E ficar esperando as "pedradas"????

Pra isso é preciso coragem.

Só quem realmente tem auto-estima, fala sem medo de seus sentimentos, medos, fraquezas e anseios, pois não teme críticas ou rejeição a respeito de sua personalidade, pois se conhece, se ama e não dá importância a opinião relevante de terceiros.

Abram os seus olhos para o oculto de Deus!
Fiquem na paz!

Khadge Salomão